Borboleta em uma flor

Por quanto tempo vive uma borboleta?

A vida útil das borboletas depende de muitos fatores e pode ser muito variável. Por exemplo, depende do tamanho da borboleta, da espécie, onde ela vive e em qual época do ano ela se tornou adulta. Se a borboleta é pequena, provavelmente não viverá tanto tempo, mas se for uma borboleta maior, certamente viverá mais.

A média de vida de uma borboleta é geralmente cerca de um mês, as menores normalmente vivem cerca de uma semana, enquanto alguns tipos têm uma média de vida equivalente a nove meses.

As borboletas são criaturas de sangue frio, então o clima será outro fator a considerar quando se trata delas. Se o ovo da borboleta tiver sido colocado pouco antes da chegada do tempo frio, o ovo permanecerá nessa forma até que o tempo esquente e, assim que isso acontecer, a lagarta será incubada e tudo começará de novo. Se a borboleta é uma borboleta adulta e o inverno chega sem migrar para o sul, a borboleta irá hibernar em algum lugar até que o tempo esquente. Isso significa que uma borboleta pode viver por muitos meses além da expectativa de vida média, tudo depende das condições climáticas e do que essas criaturas fazem quando o inverno chega.

Borboletas em estado selvagem também são expostas a muitos predadores, como pássaros e outros insetos, o que às vezes faz com que elas não sobrevivam por muito tempo.

Podemos explorar o ciclo de vida de uma borboleta em detalhes, que é dividido em 4 etapas. Todas as borboletas têm uma “metamorfose completa”, para se tornarem adultas, elas têm que passar através de 4 estados: ovo, larva, crisálida e vida adulta. Cada estágio tem um objetivo diferente, por exemplo, as lagartas precisam comer muito e os adultos precisam se reproduzir. Dependendo do tipo de borboleta, o ciclo de vida pode durar entre um mês e um ano.

O primeiro estágio: o ovo

ovos de borboletaUma borboleta começa sua vida como um ovo redondo muito pequeno. O mais curioso desses ovos, especialmente os ovos das borboletas-monarcas, é que, se você olhar bem de perto, poderá realmente ver a pequena lagarta que cresce dentro deles. A forma do ovo depende do tipo de borboleta, alguns podem ser redondos, ovais, com ranhuras, entre outras características.

Os ovos das borboletas são geralmente colocados nas folhas das plantas, por isso, se tentarmos encontrá-los, teremos reservar algum tempo para examinarmos várias folhas.

O segundo estágio: a larva (lagarta)

lagarta de borboletaDepois que os ovos foram depositados, muitos esperariam ver as borboletas saindo, mas este não é exatamente o caso. No ciclo de vida da borboleta, há quatro estágios e este é apenas o segundo. As larvas de borboletas são, na verdade, o que chamamos de lagartas, que geralmente não permanecem por muito tempo nesse estado e, principalmente, o que elas fazem enquanto evoluem é comer.

Quando o ovo choca, a lagarta começa seu trabalho e come a folha em que nasceu. A folha que é selecionada para colocar um ovo é um detalhe muito importante, porque deve ser de um tipo de folha que a lagarta pode comer, cada tipo de lagarta gosta apenas de certos tipos de folhas.

As lagartas precisam comer e comer para que possam crescer rapidamente. Quando uma lagarta nasce, é extremamente pequena, quando começa a comer, imediatamente começa a crescer e a se expandir. Seu exoesqueleto, ou pele, não se estende nem cresce. A expansão de seus corpos ocorre através do “derramamento” da pele, um processo que ocorre várias vezes.

O terceiro estágio: a crisálida

crisálida de borboletaO estágio da crisálida é um dos melhores estágios da vida de uma borboleta. Assim que uma lagarta cresce e atinge certo comprimento e peso, ela se envolve em uma espécie de crisálida. Do lado de fora parece que a lagarta está descansando, mas por dentro é onde toda a ação acontece, e é onde a lagarta passa por várias mudanças.
Agora, como a maioria das pessoas sabe, as lagartas são curtas, grossas e sem asas. Dentro da crisálida, as partes antigas do corpo da lagarta estão passando por uma notável transformação, chamada metamorfose, para se tornarem as belas partes que compõem a borboleta que emergirá. Os tecidos, órgãos e membros da lagarta passam por modificações ao longo do tempo em que a crisálida dura, deixando tudo pronto para o estágio final do ciclo de vida de uma borboleta.

O quarto estágio: a borboleta adulta

borboleta adultaFinalmente, quando a lagarta fez toda a sua transformação dentro da crisálida, você pode ver como uma borboleta adulta emerge. A princípio, as asas ficarão macias e dobradas contra o seu corpo, porque dentro da crisálida ele teve de se adaptar às condições do seu novo corpo.
Assim que a borboleta descansa depois de deixar a crisálida, ela bombeia sangue para as asas para deixá-las em prontidão e poder voar. Normalmente, dentro de um período de três ou quatro horas, a borboleta voará para encontrar um parceiro e se reproduzirá, assim o ciclo de vida começa novamente.

Como podemos ver o ciclo de vida da borboleta?

Existem várias maneiras de as pessoas observarem esse espetáculo na frente de seus olhos, por exemplo, há kits de borboletas vivas que incluem lagartas para que você possa ver de perto essa incrível transformação. Esses kits de borboletas vivas são incríveis para um projeto de ciências ou apenas para as crianças aprenderem tudo sobre as lagartas em constantes mudanças e o ciclo de vida da borboleta em geral. Uma das melhores coisas sobre esses kits de borboletas vivas é o fato de que, depois que as borboletas saem de suas crisálidas, elas podem ser observadas por um tempo e depois serem soltas. Esta ação não é apenas uma experiência satisfatória, mas é muito importante ensinar a seus filhos que os animais não devem ser fechados e que, embora seja divertido observá-los, sempre é melhor deixar que a natureza siga o seu curso.

Este incrível ciclo de vida é uma ótima lição para qualquer um aprender e não é apenas uma lição que envolve um inseto em constante mudança, nós também podemos aplicá-lo a nós mesmos. Por exemplo, quando uma criança se sente insatisfeita consigo mesma, podemos explicar a ela que, como as borboletas, as pessoas também mudam constantemente, dia após dia.

 

Autor: João Santos

Autor convidado para postar conteúdos no site Seu Curioso.

Veja mais

mulher segurando copo de urina

Usos estranhos da urina ao longo da história

Se há algo que todos nós fazemos é urinar várias vezes ao dia. Aquele líquido amarelado …

Google

Dados curiosos sobre o Google

1.  Um pequeno erro de cálculo do Yahoo Em 1997, o Yahoo rejeitou a possibilidade de …