Como dois piercings, mas ligeiramente vesgos, os pontos brilhantes no planeta anão Ceres têm nos encarado lá de baixo por meses, desafiando-nos a desvendar seus mistérios. Os cientistas não têm certeza do que está tornando essas áreas tão reflexivas, localizadas na cratera Occator, mas a causa pode ser  gelo ou depósitos de sal, vulcões, ou ainda gêiseres.

Agora a nave espacial Dawn enviou a melhor imagem desta região ainda enigmática, depois de se mudar para uma órbita baixa ao redor do planetoide, em agosto. A imagem deixa claro que um dos pontos está localizado centralmente e é altamente concentrado, enquanto o outro parece estar mais salpicado.

O engenheiro-chefe da Dawn, Marc Rayman, diz que a espaçonave poderá em breve responder às nossas perguntas sobre as manchas. “Logo, a análise científica vai revelar a natureza geológica e química deste cenário extraterrestre misterioso e fascinante.”