Hold My Hand de Lady Gaga cai antes de Top Gun: Maverick Premiere

Hold My Hand de Lady Gaga cai antes de Top Gun: Maverick Premiere

Está quase na hora de reentrar na zona de perigo, com “Top Gun: Maverick” programado para chegar aos cinemas no final deste mês, trazendo de volta Tom Cruise como o piloto de caça capitão Pete “Maverick” Mitchell. Por que fazer uma sequência de um clássico de 40 anos, você pergunta? A julgar pelo burburinho que surgiu após uma exibição no CinemaCon do mês passado, a verdadeira questão é por que diabos não? “Top Gun: Maverick” está juntando todas as peças do filme clássico que o público tanto amou, para deslumbrar uma nova geração na tela grande. Isso significa muito espetáculo no ar, cenas de ação matadoras, Tom Cruise fazendo acrobacias perigosas e (espero) uma sequência de vôlei beijada pelo sol.

Mas nem todos os elementos cruciais do “Top Gun” são visuais. A trilha sonora do filme original foi uma parte fundamental do sucesso e do legado duradouro do filme – então, naturalmente, “Top Gun: Maverick” está saindo com alguns pesos pesados ​​próprios. Dando-nos o nosso primeiro gosto da magia do filme, Lady Gaga acaba de lançar “Hold My Hand”, sua música original apresentada na trilha sonora e no filme. Você não ficará muito chocado ao saber que os jatos não são a única parte deste filme que nos surpreende. Gaga não é estranha em abrir caminho em nossos corações e “Hold My Hand” não se conteve. Você pode ouvir a música completa abaixo.

Lady Gaga segura minha mão

“Hold My Hand” tira o fôlego? Assim como “Top Gun: Maverick” tem a tarefa de acompanhar o clássico filme de ação dos anos 80 de Tom Cruise, a nova música original de Lady Gaga está seguindo alguns passos muito grandes. A música de destaque do primeiro filme foi “Take My Breath Away”, de Berlim, que ganhou o prêmio de Melhor Canção Original no Oscar. E isso foi apenas um dos muitos hits em uma trilha sonora que também incluiu “Danger Zone”, “You’ve Lost That Lovin’ Feelin\’” e “(Sittin’ On) The Dock of the Bay”. Lady Gaga teve que trazer seu A-game e como de costume, ela não decepcionou.

“Hold My Hand” é uma balada poderosa, adequada para um filme que precisa encontrar um equilíbrio entre a nostalgia dos anos 80 e o cenário de 2022. Co-escrita e produzida por Gaga e BloodPop, a música também é uma oportunidade para a estrela da música continuar deixando sua marca cinematográfica, depois de ganhar seu primeiro Oscar em 2019. (Ela co-escreveu e interpretou “Shallow” para a direção de Bradley Cooper estreia “A Star is Born”.) Dado seu histórico e a performance do hino anterior “Top Gun”, há uma boa chance de que Gaga comece a animar o Oscar logo após o lançamento do filme.

Em conjunto com as exibições do CinemaCon, Gaga compartilhou um post no Instagram que chamou sua música de “carta de amor ao mundo”. Ela escreveu:

“Eu nem percebi as múltiplas camadas que abrangem o coração do filme, minha própria psique e a natureza do mundo em que vivemos. Eu queria fazer da música uma música onde nós compartilhamos nossa profunda necessidade de sermos compreendidos e tentarmos entender um ao outro – um desejo de estar perto quando nos sentimos tão distantes e uma habilidade de celebrar os heróis da vida.”

No mesmo post, Gaga também agradeceu ao astro do filme, Tom Cruise, e ao compositor Hans Zimmer. “Top Gun: Maverick” é dirigido por Joseph Kosinski, com roteiro de Christopher McQuarrie, com Ehren Kruger e Eric Warren Singer. O filme é estrelado por Cruise como Maverick, e Miles Teller, como o filho do falecido piloto Goose, interpretado por Anthony Edwards no filme. Val Kilmer retornará como Iceman, agora um vice-almirante e o filme também é estrelado por Jennifer Connelly, Jon Hamm e Ed Harris.

“Top Gun: Maverick” chegará aos cinemas em 27 de maio de 2022. Aqui está a sinopse oficial:

Depois de mais de trinta anos de serviço como um dos principais aviadores da Marinha, Pete “Maverick” Mitchell (Tom Cruise) está onde ele pertence, empurrando o envelope como um piloto de testes corajoso e evitando o avanço na classificação que o colocaria no chão. Quando ele se encontra treinando um destacamento de graduados do Top Gun para uma missão especializada como nenhum piloto vivo jamais viu, Maverick encontra o tenente Bradley Bradshaw (Miles Teller), indicativo de chamada: “Galo”, filho do falecido amigo de Maverick. e o oficial de interceptação de radar tenente Nick Bradshaw, também conhecido como “Goose”. Enfrentando um futuro incerto e confrontando os fantasmas de seu passado, Maverick é arrastado para um confronto com seus próprios medos mais profundos, culminando em uma missão que exige o sacrifício final daqueles que serão escolhidos para voar.