Fred Savage demitido do The Wonder anos após investigação por conduta imprópria

Fred Savage demitido do The Wonder anos após investigação por conduta imprópria

Fred Savage foi demitido do reboot de “Os Anos Maravilhosos”, de acordo com O repórter de Hollywood. A ex-estrela da série de 1988 estava trabalhando como produtora executiva e diretora na reinicialização do programa da ABC, que começou em 2021.

De acordo com o THR, três alegações separadas foram feitas contra Savage, e uma investigação já foi iniciada e concluída. O ator-cineasta foi demitido com base nos resultados da investigação. Uma declaração da 20th Television diz o seguinte:

Recentemente, fomos informados de alegações de conduta inadequada por parte de Fred Savage e, como é política, uma investigação foi iniciada. Após a sua conclusão, foi tomada a decisão de encerrar seu emprego como produtor executivo e diretor de The Wonder Years.

Uma história de acusações

Nenhuma das partes envolvidas compartilhou publicamente detalhes sobre as alegações contra Savage neste momento, por isso é impossível comentar sobre a natureza dessa situação. No entanto, esta não é a primeira vez que o ator, cuja ascensão ao estrelato na infância também incluiu uma virada em “A Princesa Prometida”, se envolve em um incidente como esse. Em 1993, a figurinista Monique Long entrou com uma ação de assédio sexual contra Savage, então com 16 anos, e sua co-estrela Jason Hervey.por Vanity Fair).

Em 2018, o ator de “The Wonder Years” Alley Mills disse ao Yahoo que ela acha que a execução original de “The Wonder Years” terminou devido ao processo, no qual Long alegou assédio físico e verbal dos atores. Agora, Savage foi expulso da nova iteração da série, que ainda não foi renovada para uma segunda temporada.

Savage também foi processado em 2018, por um figurinista no set do show “The Grinder”. No processo, que nomeou Savage e a própria Fox, Youngjoo Hwang alegou que o ator bateu no braço dela e gritou com ela, e que ele “gerou um ambiente hostil para as mulheres”, segundo o THR. Savage negou essas alegações em um comunicado na época, e a investigação da Fox não encontrou irregularidades.

Embora a completa falta de detalhes relacionada à demissão de Savage possa parecer incomum (não está claro se as alegações mais recentes são verbais, físicas ou sexuais), esta não é a primeira vez na memória recente que uma rede ou estúdio tratou decisivamente de uma má conduta. reivindicar sem compartilhar qualquer contexto. Em abril, foi divulgada a notícia de que a produção do longa de Aziz Ansari, “Being Mortal”, foi interrompida após uma reclamação contra Bill Murray. Embora Murray mais tarde deu alguns detalhes sobre seu lado da história, a Searchlight Pictures manteve suas declarações vagas, dizendo: “Depois de analisar as circunstâncias, foi decidido que a produção não pode continuar neste momento”.

“The Wonder Years” vai ao ar às quartas-feiras na ABC.