Para parar uma hemorragia, é preciso pressionar o local ferido. Pensando nisso, um grupo de veteranos de guerra, cientistas e engenheiros do estado norte-americano do Oregon desenvolveu um dispositivo que utiliza pequenas esponjas médicas para parar a hemorragia de ferimentos de bala em impressionantes 15 segundos.

Hemorragias são a principal causa de morte no campo de batalha. Quando um soldado é baleado, médicos usam gaze para estancar o sangramento, contudo, é difícil aplicar pressão direta em um ferimento com vários centímetros de profundidade. Além disso, ainda que torniquetes impeçam o sangue de jorrar de um braço ou perna feridos, eles não fazem diferença quando as lesões são na pélvis ou no ombro.

Pesquisadores tiveram uma ideia relativamente simples para solucionar esse problema que coloca tantas vidas em risco – pequenas esponjas XStat, desenvolvidas pela empresa RevMedX Oregon, que se expandem e vedam um ferimento de bala em qualquer parte do corpo.

Conheça a invenção que fecha ferimentos por arma de fogo em 15 segundos