Yoshikazu Beniya: ‘Hoje o anime não é mais voltado para o mercado japonês’

Yoshikazu Beniya: ‘Hoje o anime não é mais voltado para o mercado japonês’

O portal japonês Akiba Souken publicou uma entrevista com o produtor de anime Yoshikazu Beniya, que trabalhou para a TV Tokyo na produção de importantes projetos de animação como Fairy Tail, Medaka Box, Gekkan Shoujo Nozaki-kun (Monthly Girls’ Nozaki-kun) e recentemente em Shaman King (2020), Kyoukai Senki (AMAIM Warrior at the Borderline), Takt Op. Destiny e Komi-san wa, Komyushou Desu (Komi Can’t Communicate).

Yoshikazu Beniya: 'Hoje o anime não é mais voltado para o mercado japonês'

Nesta entrevista, Beniya comentou alguns pontos importantes de sua carreira, os desafios da indústria de anime hoje, a relação que existe atualmente entre a televisão e a mídia de distribuição digital e os desafios futuros para a indústria. No entanto, o comentário do produtor sobre o estado atual da indústria de anime é o que se tornou viral nos fóruns:

“Hoje, os projetos de animação não são mais voltados para o público japonês. As redes de TV também estão envolvidas no negócio, então não é difícil de entender, mas acho melhor ficar mais atento ao que os usuários querem ver em novos projetos de animação. Antes, era decidido se um projeto de animação teria sucesso de acordo com as vendas dos pacotes físicos, então eram os fãs japoneses que tinham o poder de decidir. Mas hoje, o sucesso é mais medido por qual plataforma de distribuição comprará os direitos da série e se foi bem-sucedida em streaming fora do Japão. Ainda assim, gostaria de ver novamente os japoneses que têm o maior poder de decisão.

Ele continuou: “A outra coisa que me interessa é a ‘reforma do estilo de trabalho’. Na indústria de produção de animação, existem muitas pessoas que trabalham individualmente com seu próprio senso de responsabilidade, então se você está restrito a “trabalhar apenas XX horas por dia” ou “não mais que XX horas extras”, você não pode fazer coisas como ” Eu quero terminar este valor” ou “Eu quero terminar neste momento”. É muito importante proteger o sistema de trabalho e a saúde dos animadores, mas não acho que as medidas atuais sejam necessariamente as desejadas.

Fonte: Akiba Souken

Copyright © Kakaku.com, Inc. Todos os direitos reservados.