Categorias
Animes e mangás

Video: Cosplayer Chinesa é “Presa” por usar Kimono e ser fã da cultura japonesa

Em 10 de agosto, uma mulher vestindo um quimono branco com flores vermelhas e folhas verdes estava tirando fotos em Suzhou, província de Jiangsu, China. Enquanto fazia isso, ela foi interrogada pela polícia. A mulher era fã de anime e disse que estava tirando fotos em seu quimono quando a polícia parou ela e seu cinegrafista. O incidente causou um rebuliço nas mídias sociais, pois algumas pessoas pensaram que a polícia estava sendo excessivamente patriótica.
Em 14 de agosto, a mulher agredida postou sua história no Weibo, a rede social mais popular da China. A hashtag associada ao seu post foi censurada em 15 de agosto. Em seu post, ela afirmou que estava vestindo um quimono e tinha longos cabelos loiros, lembrando o personagem principal do mangá japonês Summertime Render. A polícia ficou irritada com sua aparência e a atacou.
Nos últimos anos, à medida que o patriotismo e o sentimento anti-japonês cresceram, usar um quimono em público tornou-se controverso na China. Os fãs da cultura japonesa também enfrentam uma repressão crescente.
A mulher no vídeo afirma que estava tirando fotos, ao que o policial disse: Se você estivesse usando um vestido chinês, eu não diria isso. Você é chinês e usa este quimono. Você é chinês. A mulher pergunta aos policiais por que eles estão gritando com ela, e um diz que ela é suspeita de iniciar brigas e causar caos. Vários policiais então agarram a mulher e a levam embora, como visto no final do vídeo, que foi visto mais de 8 milhões de vezes até a tarde de 15 de junho.
A mulher ficou na delegacia por cerca de 5 horas, até a 1 da manhã, período em que seu smartphone foi revistado, suas fotos apagadas e suas roupas retiradas. Durante esse período, ela afirmou em um post no Weibo que a polícia a interrogou e a alertou para não mencionar o incidente online.

Fonte: livedoor