Categorias
Animes e mangás

Netflix devolve otaku ao mundo! Mais da metade de seus usuários assistem anime

A Netflix foi uma das primeiras plataformas de streaming que optou por incluir animações japonesas em seu catálogo. O anime chegou ao local com os filmes do Studio Ghibli, para depois incluir séries famosas tanto clássicas quanto recentes.

Devido ao grande sucesso desses espetáculos, a empresa americana decidiu se aventurar na produção de novos projetos, em conjunto com renomados estúdios de animação.

No início desta semana, Kohei Obara, diretor criativo de anime da Netflix, reportado à Variety que, durante 2021, mais de metade dos seus utilizadores em todo o mundo desfrutaram dos vários animes encontrados na plataforma, razão pela qual se tornou um dos seus pilares mais importantes.

De acordo com os dados coletados pelo site, o Japão é o país que mais consome esse tipo de produção, com 90% dos assinantes.

O anime na Netflix

“Anime é um dos pilares do nosso investimento no Japão, assistido por quase 90% dos nossos membros aqui no ano passado. Ao mesmo tempo, o interesse por anime cresceu em todo o mundo, com mais da metade de nossos membros em todo o mundo sintonizados no ano passado”, disse Obara.

Durante 2021, a Netflix lançou um total de 40 animes, o dobro do que foi registrado um ano antes. Com “Jojo’s Bizarre Adventure: Stone Ocean” e “Tiger & Bunny 2” como banners, a plataforma quer igualar esse número de projetos em 2022.

“Desde diversificar nossa lista até trazer de volta os favoritos dos fãs, queremos continuar a aumentar a descoberta e o amor por anime de nossos membros, tanto no Japão quanto em todo o mundo com este próximo capítulo de anime na Netflix.” site manager.