Categorias
Animes e mangás

Japão: Sujeito preso por alterar e vender figuras de anime

Em 30 de outubro, o Departamento de Polícia da Prefeitura de Kagoshima, no Japão, anunciou a prisão de um homem de 45 anos, funcionário de uma empresa da prefeitura, por suspeita de infringir a Lei de Direitos Autorais por vender uma figura modificada da Mina Fujiko, do popular anime Lupin o Terceiro. O réu admitiu as acusações e disse que ele mesmo havia fabricado e vendido o produto. De acordo com a Unidade de Crimes Cibernéticos, o sujeito é suspeito de vender uma figura de Fujiko Mine, personagem feminina de Lupin III, com direitos autorais de uma produtora de filmes (Tóquio), em um leilão na Internet por 25.000 ienes (cerca de US$ 169). ) a um homem na província de Kagoshima por volta de 17 de setembro, sabendo que a figura havia sido alterada sem permissão. Eram as chamadas “figuras mágicas”, figuras com uma cabeça normal reconfigurada em um torso diferente, quase nu. A polícia da província apreendeu um total de vinte e nove figuras alteradas, incluindo personagens femininas, na casa do detido. De seu passado, suspeita-se que todas as figuras foram alteradas por ele mesmo, não adquiridas.

japão
japão
japão
a4
a5

Claro, a notícia atraiu uma variedade de comentários, destacando:

  • «Nossa, parece que tem muita gente que está se dedicando a isso».
  • «Por que você não pode pintar as figuras que você compra ao seu gosto? Eles nem vão deixar você mostrar para os outros?».
  • «Não é mais uma transformação mágica?».
  • «Por que isso não é permitido no Japão, mas imitações chinesas estão na Amazon?».
  • «Muito erótico, não».
  • «Eu não me importo se é um nível de modificação mágica que torna uma figura melhor. Mas quando olho para os leilões, não posso deixar de me surpreender com os altos preços que essas figuras modificadas comandam.».

Fonte: Otakomu

Copyright © 2022 朝日新聞社無断転載を禁じます。 ©Yahoo Japan