Esses países latino-americanos estão mais interessados ​​em mangá para adultos

Já falamos sobre a ferramenta Google Trends, que nos permite conhecer a evolução do interesse do usuário por um determinado termo no buscador Google, ou seja, quais áreas possuem mais volume de busca por um termo do que outras. Anteriormente, analisamos os resultados de Shuumatsu no Harem (World’s End Harem) e Shingeki no Kyojin (Attack on Titan), e agora é a vez de H*ntai, a categoria popular que designa todos os animes ou mangás pornográficos.

A indústria de mangá e anime para adultos é ainda mais movimentada do que a indústria de anime convencional, especialmente porque há novos lançamentos todos os meses em vez de três (ou seja, a cada nova temporada). Agora, os produtos são obviamente diferentes, já que a maioria das produções adultas não passa de dois ou três episódios, então não há comparação nesse sentido. Mas essa liberação constante de conteúdo é o motivo pelo qual o interesse pelo termo nunca cai abaixo de noventa pontos.

hentai

Mas deixando os gráficos de lado, a pergunta que nos une hoje é: Quais países da América Latina estão mais interessados ​​em mangás para adultos? Ou seja, quais países têm o maior volume de buscas por “h*ntai” no Google. Deixando de lado outros países, a lista inclui Bolívia (5º), Cuba (6º), Nicarágua (8º), El Salvador (9º), Paraguai (10º), Peru (11º), Panamá (12º), Costa Rica (13º), México (14º), Porto Rico (16º), Brasil (17º), Honduras (18º), Chile (19º), Guatemala (20º), Equador (21º), Argentina (23º), Colômbia (25º), República Dominicana (26º). ) e Venezuela (27º).

hentai

Além disso, o Google Trends também nos oferece uma lista peculiar de buscas que estão tendo cada vez mais volume nos últimos dias, como “fnf h*ntai“, “nobara h*ntai“, “friday night funkin h*ntai“, “ nagatoro h*ntai” e “mushoku tensei h*ntai“, para citar alguns.

Fonte: Google Trends

You may also like...