Categorias
Animes e mangás

Adaptação de mangá de ‘Kirawaretai no’ termina após acusações de plágio

A conta oficial do Twitter da editora WBASE anunciou que cancelou a serialização e venda da adaptação em mangá dos romances leves de Komomo Haruno, Kirawaretai no: Koushoku Ou no Kisaki wo Zenryoku (I Want to Be Hated: Doing Everything I Can to) de Kaihi Shimasu. Not Be the Amorous King’s Consort), de Mashiro Isshiki, devido a inúmeras acusações de que a arte do mangá supostamente traça a arte das obras do artista Suzuka Oda.

O departamento editorial do site Manga Dock da WBASE investigou as alegações e, após questionar Isshiki, o artista admitiu ter copiado alguns desenhos e designs da arte de Oda. O site então decidiu cancelar a serialização do mangá e não o está mais oferecendo para venda ou visualização no site. A declaração escreveu:

“Gostaríamos de informar que recebemos um aviso do departamento editorial do “Manga DOCK” de que existem várias partes do mangá “Kirawaretai no: Koushoku Ou no Kisaki wo Zenryoku de Kaihi Shimasu” (desenhado por Mashiro Isshiki) que podem ser consideradas cópias carbono ou cópias de desenhos das obras de Suzuka Oda. Gostaríamos de pedir desculpas pelo transtorno causado. A redação investigou o assunto e confirmou com o próprio Isshiki, que admitiu o fato. Atualmente não há planos para a retomada da serialização para esta adaptação.”

(As duas primeiras imagens são desenhos do mangá em questão de Mashiro Isshiki, abaixo estão alguns trabalhos de Suzuka Oda, cujos esboços foram plagiados)

Haruno começou a publicar a história original no serviço independente Kakuyomu em setembro de 2019. A SB Creative publicou o primeiro volume impresso da light novel com ilustrações de Yukiko em fevereiro de 2020 e lançou o segundo volume em junho de 2021.

Fonte: conta oficial do Twitter

©WBASE